Confessaram

Polícia Civil prende três suspeitos de assassinar jovem em Águas Lindas de Goiás

A jovem de 19 anos foi morta com um tiro na cabeça. Motivação do crime seria uma discussão que a vítima teve com uma garota de programa


Fabricio Moretti

Do Mais Goiás | Em: 22/03/2019 às 18:59:46


Dois homens e uma mulher foram presos suspeitos de cometer o crime (Foto: Divulgação/PC)
Dois homens e uma mulher foram presos suspeitos de cometer o crime (Foto: Divulgação/PC)

A Polícia Civil prendeu, na última quinta-feira (21), três pessoas suspeitas de terem matado a jovem Heloá Jade da Silva Santos, 19 anos, na madrugada do mesmo dia, em Águas Lindas de Goiás. Valdomiro da Luz Barros, 41 anos, Cássio Rodrigues Sá, 27, e Sara Alves da Luz, 20, confessaram o crime. A cidade a 204 quilômetros de Goiânia.

A jovem foi assassinada com um tiro na região frontal da cabeça. O corpo de Heloá foi encontrado às margens da BR-070, com uma mala que tinha roupas e um aparelho celular, que foram recolhidos para perícia.

“Segundo relataram, Heloá teria agredido dias atrás, uma garota de programa gestante que morava na mesma residência que eles. Diante disso, todos planejaram a morte da jovem, a qual já tinha problemas pessoais com a garota de programa. A pessoa que atirou em Heloá foi um ‘ficante’ da gestante, que continua foragido”, esclarece o delegadodo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade, Cléber Junior Martins.