Crime

Polícia Civil prende suspeito de feminicídio em Pontalina

De acordo com a polícia, Adalberto Pedro Patrocínio cometeu o crime no dia 28 de julho e teria sido motivado por se sentir pressionado pela vítima

Cidades

Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 09/08/2017 às 12:32:34

Adalberto está detido da unidade prisional de Pontalina (Foto: Polícia Civil)
Adalberto está detido da unidade prisional de Pontalina (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Pontalina, cidade distante 134 quilômetros de Goiânia, prendeu, na tarde dessa terça-feira (8), Adalberto Pedro Patrocínio, de 78 anos. Ele é suspeito de matar à facadas Valdeci Soares da Silva, no dia 28 de julho.

Segundo informações da Polícia Civil, Adalberto esteve foragido por mais de uma semana. O corpo da vítima foi encontrado mutilado, pois animais estavam se alimentando dele no pasto de uma fazenda.

Segundo o delegado Tibério Martins, responsável pela investigação, o suspeito disse que cometeu o crime por estar sendo pressionado pela vítima para que ele se separasse de sua esposa; Adalberto e Valdeci eram amantes há 12 anos.

Adalberto está detido na unidade prisional de Pontalina e responderá por feminicídio. A pena prevista para este tipo de crime é de de 30 anos, que pode aumentar devido à gravidade dos fatos.