DETIDO

Polícia Civil prende suspeito de espancar namorada até a morte

Testemunhas disseram que homem já havia agredido a vítima em outras situações


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 11/01/2021 às 16:51:46

Brenda Rafaella, 23 anos (Foto: Reprodução | Arquivo pessoal)
Brenda Rafaella, 23 anos (Foto: Reprodução | Arquivo pessoal)

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta segunda-feira (11), no Jardim Planalto, o suspeito de agredir a namorada Brenda Rafaella Maia, de 23 anos, até a morte.

Ele confessou o crime, porém, alegou que não tinha a intenção de matar a vítima. A polícia informou que o investigado já tem passagens pela polícia, incluindo lesão corporal e roubo. A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) informou que o caso será apresentado logo mais, às 18h30, na especializada. Aguarde mais informações.

Caso

Mais cedo, a Polícia Civil informou ao Mais Goiás que Brenda foi encontrada inconsciente por duas mulheres. O autor já não estava no local. Elas acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu),  porém, o atendente informou que a ambulância demoraria para chegar ao local, em razão da demanda daquele momento.

Por conta do estado de saúde, as duas chamaram, então, um carro por aplicativo para levá-la ao Cais Campinas, onde foi atendida e teve a morte constatada pela médica socorrista. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo no hospital e foi realizada a perícia no local do crime.

Agressões e gestação

As mulheres informaram que o suspeito já havia agredido a vítima em outras ocasiões e que era comum conflitos entre o casal. Uma amiga da jovem, que preferiu não ser identificada, disse que o suspeito já cortou o cabelo de Brenda com uma faca.

Relatou, ainda, que os dois moravam juntos e que a vítima estava com 3 a 4 meses de gestação. Contudo, a informação não foi confirmada pelo IML ou pela Polícia Civil. Até o momento da reportagem, o suspeito da matar Brenda não havia sido encontrado.