Desarticulação

Polícia Civil prende quadrilha que roubava veículos e falsificava documentos

A organização criminosa, com mais de 20 pessoas, agia em Goiânia e mais oito cidades. Além de roubar, eles receptavam e adulteravam os carros


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 07/12/2018 às 16:19:15

24 pessoas foram presas no total (Foto: Divulgação/DERFVRA)
24 pessoas foram presas no total (Foto: Divulgação/DERFVRA)

A Polícia Civil de Goiás, em conjunto com a Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFVRA), desarticulou na última quarta-feira (05) e quinta-feira (06), uma organização criminosa responsável por crimes de roubo, receptação, adulteração de sinal identificador de veículos, falsificação de documentos e tráfico de drogas.

Durante a operação, intitulada  Migração 2, foram cumpridos 24 mandados de prisão preventiva e 46 mandados de busca em oito municípios, além de Goiânia. São eles; Aparecida de Goiânia, Trindade, Bom Jesus, Pontalina, Porangatu, Piracanjuba, Nova Veneza e Abadia de Goiás.

Participaram da operação 120 policiais civis, que realizaram a apreensão de instrumentos utilizados nas falsificações, placas falsas, carros adulterados e documentos. De acordo com o delegado Fábio Meirelles Vieira, da DERFVRA, as investigações duraram cerca de um ano, mas suspeita-se que a organização agia antes disso.

“A quadrilha roubava os veículos, adulterava e alteravam o sinal identificador. Após isso, eles revendiam os carros ou utilizam para outros roubos”. Fábio Meirelles relata que os criminosos usavam armas de fogo nas práticas criminosas. “Dois integrantes da quadrilha morreram meses atrás em confronto com policias”, conta.

O delegado conclui afirmando que “dos criminosos que a polícia procurava, todos foram presos, mas as investigações continuam”.