Operação

Polícia Civil prende onze suspeitos de tráfico, violência e roubos, em Anápolis

Ação da PC prendeu dez pessoas em Anápolis e uma em Goianésia. Oito mandados de prisão ainda serão cumpridos na 'Operação O Guardião'


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 26/03/2019 às 18:39:59

Onze pessoas foram presas na Operação O Guardião (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Onze pessoas foram presas na Operação O Guardião (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Nesta terça-feira (26) a Polícia Civil expediu 19 mandados de prisão a pessoas suspeitas de inúmeros crimes como porte ilegal de arma de fogo, crimes de violência doméstica, tráfico de drogas e roubos a residências e estabelecimentos comerciais. Intitulada Operação O Guardião, a ação prendeu onze pessoas; dez em Anápolis em uma em Goianésia.

O delegado Daniel Nunes, do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), afirmou que a operação continua em andamento. “A maioria dos mandados de prisão são relativos a crimes patrimoniais cometidos em Anápolis e regiões adjacentes. Ainda temos oito mandados de prisão para cumprir e as investigações continuam”, garante.

Um dos detidos nesta terça-feira, Juarez Leite da Silva, 50 anos, foi preso por descumprir as medidas protetivas referente a Lei Maria da Penha.

As investigações da ‘Operação O Guardião’ duraram quatro meses e tiveram apoio operacional do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc). “Com essas prisões, conseguiremos reduzir os índices de roubos e, como consequência, a população terá mais tranquilidade”, afirma o delegado Daniel Nunes.