Fiscalização

Polícia Civil prende empresário por comercializar combustível roubado em Goiânia

Carregamento de combustível apreendido foi avaliado em R$ 120 mil e seria de propriedade de outro posto de gasolina da capital

Cidades

Goiás Agora
Do Goiás Agora | Em: 04/08/2017 às 11:45:38

Dono do posto de gasolina foi preso em flagrante por comercializar combustível roubado na manhã de ontem. (Foto: Polícia Civil)
Dono do posto de gasolina foi preso em flagrante por comercializar combustível roubado na manhã de ontem. (Foto: Polícia Civil)

A Delegacia Estadual de Repressão a Roubos de Cargas da Polícia Civil de Goiás (Decar) prendeu na manhã desta sexta-feira (04), em flagrante, Márcio Adriano Espíndola, proprietário do Posto de Combustíveis – Auto Posto Cantoni – situado nas proximidades da Praça do Avião, no Setor Aeroporto, em Goiânia. Ele foi preso por comercializar combustível roubado na manhã de ontem.

Segundo a Polícia Civil, o carregamento de combustível roubado foi avaliado em R$ 120 mil e seria de propriedade do Auto Posto Carreteiro. Toda a ação investigativa aconteceu a partir do registro da ocorrência do roubo e os agentes finalizaram as diligências apenas após a prisão do empresário.

Segundo a Polícia Civil, a prisão é fruto de árduos levantamentos realizados pela Decar de vários postos de combustíveis dentro do estado suspeitos de pertencerem a organizações criminosas fomentadores dessa prática. “Vale fixar que a partir de agora serão rigorosamente fiscalizados”, observa a corporação.

O combustível recuperado será restituído à vítima e o posto foi fechado pela Polícia Civil e pela Secretaria da Fazenda.

Posto, localizado próximo a Praça do Avião, foi fechado pela polícia. (Foto: Polícia Civil)

 


Márcio Adriano Espíndola, proprietário do Auto Posto Cantoni, foi preso em flagrante por comercializar combustível roubado. (Foto: Polícia Civil)