Ameaça de atendado

Polícia Civil investiga homem que ameaçou praticar atentado em faculdade de Goiânia

Equipe cumpriu mandado de busca e apreensão na manhã desta segunda. Ele não foi preso, mas deve ir para delegacia prestar esclarecimentos


Artur Dias

Do Mais Goiás | Em: 15/04/2019 às 17:17:39


(Foto: Divulgação/PC)
(Foto: Divulgação/PC)

A Polícia Civil realizou, nesta segunda-feira (15), um mandado de busca e apreensão na casa de um homem de 31 anos, em Goiânia. Por meio de um perfil falso nas redes sociais, ele disse que, se tivesse oportunidade, praticaria os mesmos atos ocorridos na Escola de Suzano-SP na faculdade onde estuda. A identidade do suspeito e a instituição não foram divulgadas por segurança.

A operação foi realizada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) por volta das 8 horas no Setor São Judas Tadeu, região norte da capital. Não foram encontradas armas de fogo nem explosivos, mas muitos medicamentos controlados.

A delegada responsável pelo caso, Sabrina Leles, afirmou que o suspeito confessou a autoria as ameaças, feita poucos dias após a chacina em Suzano. “Vamos enviar um alerta à coordenação da instituição onde ele estuda. Pelo que pudemos perceber, o que ele precisa é de acompanhamento”, disse a delegada.

Em comunicado à imprensa, a PC confirmou que a postagem foi feita no dia 19 de março. E que o homem frequenta a instituição de ensino há quatro anos. A denúncia anônima afirmou que o suspeito é conhecido “como um homem que apresenta comportamento estranho, transmitindo potencialidade em concretizar a ameaça”.

O suspeito não foi preso. Ele foi intimado a comparecer à delegacia para prestar maiores esclarecimentos sobre o caso.