DIH

Polícia Civil apresenta suspeito de matar adolescente, em Goiânia

O motivo para o assassinato seria uma desavença que a vítima teve com outro menor de idade no período em que ambos estiveram internados

Cidades

Thiago Burigato
Do Mais Goiás | Em: 13/06/2017 às 09:41:28

Após sua prisão, Bruno confessou espontaneamente a participação no homicídio (Foto: PC)
Após sua prisão, Bruno confessou espontaneamente a participação no homicídio (Foto: PC)

A Polícia Civil apresentou na manhã desta terça-feira (13) um homem suspeito de envolvimento na morte do adolescente Luiz Fernando da Silva, conhecido como Chuck, de 15 anos. O crime aconteceu no dia 10 de março nas proximidades da Praça Boaventura, no Setor Leste Vila Nova, em Goiânia.

O delegado Francisco Júnior, da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), relatou que durante a investigação foi apurado que três indivíduos chegaram ao local em um veículo VW Up, de cor branca, desembarcaram e efetuaram diversos disparos contra Luiz Fernando. Um deles seria o suspeito preso, Bruno da Conceição Pinheiro, de 20 anos.

O motivo para o assassinato seria uma desavença que a vítima teve com outro menor de idade, TPS, no período em que ambos estiveram internados em decorrência da prática de atos infracionais. “A vítima e os autores faziam parte de grupos rivais. Inclusive o Bruno disse que o Chuck teria tentado matá-lo alguns dias antes, então ele fala que matou para não morrer”, afirma o delegado.

Por conta da inimizade, o menor, junto com Bruno e outra pessoa ainda não identificada, se dirigiram ao local, na data mencionada, para cometer o homicídio. Na ocasião, TPS era quem dirigia o veículo, enquanto Bruno e o terceiro envolvido seriam os autores dos disparos.

Após sua prisão, Bruno confessou espontaneamente a participação no homicídio e detalhou como se deu toda ação, ratificando tudo o que foi apurado nas investigações.