AGRESSÃO POLICIAL

PMs serão investigados por suposta abordagem violenta a jovem em SP; vídeo

Fato aconteceu no último sábado (14), em Santo André, no ABC Paulista


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 20/11/2020 às 14:55:16

Três PMs são suspeitos de agredir jovem durante abordagem, em São Paulo (Foto: Reprodução | vídeo)
Três PMs são suspeitos de agredir jovem durante abordagem, em São Paulo (Foto: Reprodução | vídeo)

Três policiais militares são suspeitos de agredir um jovem durante um abordagem, em São Paulo. Um vídeo gravado por moradores circula nas redes mostra os dois policiais militares agredindo um jovem no momento em que ele se entrega após tentar fugir. O caso aconteceu no último sábado (14).

As imagens mostram o jovem correndo e pedindo desculpas aos policiais. Um dos militares se aproxima e aponta a arma para ele, mesmo depois do rapaz ter deixado o capacete no chão e ter levantado os braços. Na sequência, outro policial militar chega e dá um tapa no rosto do rapaz, mesmo após ele se render.

Depois, o jovem é agredido no rosto aparentemente com a arma. O primeiro policial volta a agredir o rapaz e o derruba no chão. Depois, ele é agredido com o capacete que havia deixado no chão. Os dois policiais levam a vítima pela rua e as agressões continuam até ela cair novamente.

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que identificou e afastou três policiais suspeitos de agressão. A PM informou também que identificou o autor da gravação do vídeo. Ele prestou depoimento como testemunha e disse que não conhece a vítima.

Leia a nota na íntegra:

Nesta quarta-feira (18), o Comando da Polícia Militar identificou e afastou três policiais suspeitos de agressão a um rapaz, em 14 de novembro, no município de Santo André. O caso chegou ao conhecimento por meio de um vídeo, o qual tornamos público em nome da transparência institucional. As imagens mostram dois policiais agredindo com socos e aplicando golpes contra um rapaz, violando os procedimentos operacionais padrão da PM, bem como os valores e princípios da Instituição.

O vídeo chegou ao conhecimento do Comando na terça-feira (17) e, após análise do conteúdo, foi identificado o local como sendo na Estrada Cata Preta, no município de Santo André. Imediatamente, o Comandante do 10º Batalhão (10º BPM/M) instaurou o competente IPM (inquérito policial militar), que é o instrumento legal para investigar crimes dessa natureza, e solicitou o apoio da Corregedoria PM.

Assista ao vídeo:

*Com informações do G1

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira