Contrabando

PM e PF prendem três pessoas em Palmeiras de Goiás por contrabandear R$ 3 milhões em celulares

Carga vinha de avião do Paraguai e o destino ainda é desconhecido


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 16/02/2019 às 11:56:38

(Foto: Divulgação/PM-GO)
(Foto: Divulgação/PM-GO)

Três pessoas foram presas na noite desta sexta-feira (15), por transportar mercadorias sem notas fiscais em Palmeiras de Goiás, a 98 km de Goiânia. A carga, composta por aparelhos eletrônicos, veio de avião do Paraguai. Não se sabe ainda qual era o destino da mercadoria, que tem o valor aproximado entre 3 e 4 milhões de reais.

De acordo com informações do Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar (Graer/PM-GO), a operação foi organizada depois de uma troca de informações com a Polícia Federal (PF). Sabia-se que uma aeronave vinda do Paraguai chegaria a Goiás com mercadorias contrabandeadas, mas não havia a confirmação do local ainda.

O serviço de inteligência da PF confirmou que o avião pousaria em um aeródromo  nas margens da rodovia GO 050, na zona rural de Palmeiras de Goiás. Lá, PM e PF prenderam três pessoas. Um era o piloto do avião e os outros dois estavam em uma caminhonete esperando pela mercadoria.

(Foto: Divulgação/PM-GO)

Foram aprendidos também o avião, a caminhonete e toda a carga, composta por celulares e tablets das marcas Apple e Xiaomi. As três pessoas e todos os itens apreendidos foram encaminhados para a superintendência da PF, em Goiânia.

Os presos devem ser indiciados pelos crimes de contrabando e associação criminosa. O piloto do avião, que não tinha brevê, vai responder por conduzir a aeronave sem licença.