Do Mais Goiás

PM fecha o maior laboratório de rebites em Goiás

Policiais do COD foram responsáveis pela ocorrência. Cerca de uma tonelada de comprimidos foram apreendidos em Goiânia

Policiais do Comando de Operações de Divisa (COD) fecharam um laboratório de fabricação de rebite na noite desta terça-feira (19), no Setor Moinho dos Ventos, em Goiânia. Os policiais chegaram no local após uma denúncia anônima. Três pessoas foram presas. A PM afirma ser o maior laboratório de rebite em Goiás.

De acordo com a PM, equipes do COD receberam, por meio do disk denúncia, a informação de um grande laboratório de rebite em uma residência no Setor Moinho dos Ventos. Os militares foram até o endereço informado e no local encontraram materiais para embalar a droga, bem como insumos para a fabricação do entorpecente.

Foram apreendidos uma tonelada de comprimidos de rebite, balança, peneiras, prensas e maquinários. Na casa, duas pessoas que trabalhavam na fabricação e na embalagem da substância foram presas.

Os detidos informaram aos policiais que apenas trabalhavam para os donos do laboratório e indicaram a casa dos donos. Os policiais foram até um condomínio de luxo e, no endereço informado, prendeu uma mulher, que seria esposa do proprietário. Ela confessou a prática criminosa e informou aos policiais que o marido estava no Paraguai comprando insumos para a fabricação dos entorpecentes.

No imóvel, os policiais apreenderam R$ 433.336 em espécie, dinheiro que, segundo a PM, seria proveniente da comercialização da droga. De acordo com a corporação, os rebites eram comercializados em rodovias de todo o país.

Todo o material apreendido, bem como os detidos, foram encaminhados para a sede da Polícia Federal em Goiânia, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas.