Violência

PM é preso suspeito de matar mulher com mais de 20 tiros no Rio de Janeiro

Alckmin convidou oficialmente o governador de Goiás a assumir posto na executiva nacional do partido; novo diretório tucano será referendado neste sábado, durante convenção, em Brasília


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 08/12/2017 às 10:24:49

Hayssa Alves foi morta em Campo Grande
Hayssa Alves foi morta em Campo Grande

Um policial militar foi preso suspeito de matar uma mulher na Rua Camaipi, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira (8). As informações são do jornal O Dia.

De acordo com relatos, o PM estava de folga e se envolveu em uma discussão durante festa no bairro. Depois, segundo testemunhas, ele atirou mais de 20 vezes em direção à Hayssa Alves. Ela chegou a ser socorrida no Hospital Municipal Rocha Faria, mas não resistiu.

O policial, identificado como Jorge Luis Aguiar da Silva, foi encontrado momentos após o crime e levado à Delegacia de Homicídios da Capital (DH), na Barra da Tijuca. Ele já fez o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e retornou para a delegacia.