Do Mais Goiás

Plataforma exibe conteúdos inéditos de mostras de artes visuais

A Plataforma Sesc Digital exibe mostras recentes e de anos anteriores, onde o público pode navegar e conhecer mais sobre os artistas

Plataforma Sesc Digital
(Foto: Divulgação/ Lucas Cersosimo)

Se você já está com saudade dos museus e de apreciar belas obras de arte, aqui vai uma oportunidade super interessante, mesmo que em formato virtual. A Plataforma Sesc Digital (clique aqui), em uma iniciativa do Sesc São Paulo, abre para o público de todo o Brasil, uma exposição virtual com as mostras exibidas nas unidades da instituição no estado. A ação oferece uma maneira nova e democrática de acesso à arte, expondo registros que complementam a experiência, sendo a plataforma regularmente abastecida com novos conteúdos.

O público tem acesso a vídeos, fotos, reproduções de obras e publicações, tanto de exposições que estavam em cartaz nos últimos meses – cujo alcance foi restrito, em função das medidas de distanciamento – quanto de mostras realizadas em anos anteriores.

De acordo com Danilo dos Santos Miranda, que é diretor geral do Sesc São Paulo: “A plataforma Sesc Digital é uma iniciativa que vai ao encontro do nosso objetivo de democratizar o acesso à cultura ao maior número de pessoas. Com este projeto, gestado antes da pandemia eclodir, o Sesc traz conteúdos que permitem que o público se aprofunde também nos temas abordados nas exposições“, explica.

As mostras mais recentes disponíveis na Plataforma Sesc Digital são: Transbordar: Transgressões do Bordado na Arte (Sesc Pinheiros), 15ª Bienal Naïfs do Brasil (Sesc Piracicaba), Pasteur, o Cientista (Sesc Interlagos), FARSA: Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal (Sesc Pompeia).

No último sábado (01), foi lançado na plataforma um vídeo-passeio pela exposição Kader Attia – Irreparáveis Reparos, que esteve em cartaz até o início do ano. Durante o passeio virtual, o visitante tem acesso a comentários e observações da curadora da mostra, Carolin Köchling, e do artista.

Entre as produções audiovisuais mais recentes e já disponíveis na mostra, também se destacam os conteúdos lúdicos de Perambular (Sesc Carmo), e alguns vídeos-passeio por GOLD – Mina de Ouro Serra Pelada, que teve montagem no Sesc Birigui e contou ainda com a participação de Sebastião Salgado – um dos maiores nomes da fotografia brasileira.

Além disso, o Sesc Digital também abriga entrevistas com os artistas e curadores, materiais educativos e séries exclusivas desenvolvidas especialmente para o ambiente digital e muito mais. Vale muito a pena tirar um tempinho e passear por todo o conteúdo exposto! Clique aqui para acessar.

Leia também: