IRRESPONSABILIDADE

Pipa: linha com cerol fere uma ave e mutila outra, em Goiânia

Animais foram resgatados pela Agência Municipal do Meio Ambiente, mas responsáveis não foram localizados


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 05/06/2020 às 17:17:52

(Foto: Reprodução Amma)
(Foto: Reprodução Amma)

Duas aves ficaram feridas após serem atingidas por linha de pipa com cerol, em Goiânia. Segundo a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), uma coruja-buraqueira foi resgatada com ferimentos e um periquitão-maracanã teve a pata amputada devido aos cortes.

A Gerência de Fauna e Flora da Amma foi acionada por telefone e, logo em seguida, as aves foram resgatadas e conduzidas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), onde receberam o tratamento adequado. Não foram identificados os responsáveis pelos ferimentos dos bichinhos.

Geralmente, as aves que foram vítimas de linha com cerol não voltam à vida normal, segundo informações da Amma.

Aumento do uso de cerol

De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), o uso de linhas de pipa com cerol teve um aumento de cerca de 470% neste último trimestre. No mês de março houve apenas uma ocorrência, enquanto em abril foram 22 e nos mês de maio 108.

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira

Tópicos