LUTO

Pioneira em Aparecida, dona Enedina, de 85 anos, morre de Covid

Moradora do setor Marista Sul era conhecida por vender doces em escola; prefeito Gustavo lamentou o falecimento


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 14/01/2021 às 15:18:28

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Figura conhecida em Aparecida, dona Enedina Rosa, de 85 anos, morreu na quarta-feira (13) em decorrência da Covid-19. Carismática, a moradora do setor Marista Sul desde 1987, ela vendia doces na porta da Escola Municipal Marista Sul. Até mesmo o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) lamentou a morte pioneira do setor.

“Uma semana muito difícil para todos nós! Recebi a notícia que perdemos mais dois guerreiros. A Dona Enedina, pioneira do Setor Marista Sul, avó do grande fotógrafo Jackson Rodrigues, e o senhor Caciano Moreira, do Parque Ibirapuera, pai do Secretário de Articulação Metropolitana, Carlos Moreira”, publicou em suas redes sociais.

O prefeito disse, ainda, que “enquanto não recebemos a sonhada vacina, é importante reforçar ainda mais as medidas de segurança. Não podemos esquecer que o vírus existe, é forte e já levou a vida de milhões de pessoas. Reforço minhas condolências e orações para que Deus ampare todos que aqui ficaram e que receba-os bem para o caminho da luz”.

Dona Enedina testou positivo para a Covid-19 no último dia 5 e foi internada no mesmo dia. Ela perdeu o esposo, Izaulino Rodrigues da Mata, em 2018. Enedina deixa 11 filhos, 32 netos, 50 bisnetos e dois tataranetos.

Dona Enedina e o esposo, Izaulino Rodrigues da Mata (Foto: Arquivo pessoal)