PSL/Denúncias

PF reforça suspeita de que laranjas do PSL e gráficas simularam gasto eleitoral

Nesta quinta a PF prendeu, com autorização da Justiça, um assessor especial do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e dois ex-assessores que chefiaram sua campanha no Vale do Aço, em Minas


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 28/06/2019 às 10:46:25

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

 A suspeita de que o gasto eleitoral de candidatas do PSL de Minas Gerais em gráficas não tenha passado de simulação foi um dos elementos que reforçaram o pedido e a autorização das prisões e buscas realizadas pela Polícia Federal em Brasília e Minas Gerais nesta quinta-feira (27).