Do Mais Goiás

PF investiga grupo por falsa oferta de vacinas contra Covid-19 à Saúde

Investigação teve início após o próprio Ministério da Saúde notificar o crime à PF

PF investiga grupo por falsa oferta vacinas contra Covid-19 à Saúde
PF investiga grupo por falsa oferta vacinas contra Covid-19 à Saúde (Foto: divulgação/ PF)

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (25), a Operação Taipan, na qual investiga um grupo suspeito de oferecer 200 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 de maneira fraudulenta ao Ministério da Saúde. De acordo com as investigações, os envolvidos se passaram por representantes de um grande consórcio farmacêutico para tentar concretizar o crime.

A apuração do caso teve início após a notícia ser encaminhada à PF pelo próprio Ministério da Saúde. Ao menos dois suspeitos, por meio de duas empresas, apresentaram credenciais falsas e afirmaram que tinham exclusividade para a comercialização do suposto lote de vacinas.

Os mandados estão sendo cumpridos em Paracatu, Minas Gerais, e em Vila Velha, no Espirito Santo. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Distrito Federal.

Em caso de atuação, os envolvidos podem responder por associação criminosa, estelionato em face de entidade pública, falsificação de documento particular e falsificação de produtos destinados a fins medicinais.