FRAUDE NA SAÚDE

PF investiga desvio de R$ 10 milhões do programa Farmácia Popular

Operação Abutre cumpriu 14 mandados de busca e apreensão em Luziânia. Também foram realizadas buscas no Distrito Federal e no Paraná


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 23/09/2020 às 19:59:35

Dinheiro encontrado na casa de um dos investigados da Operação Abutre. (Foto: Divulgação / PF)
Dinheiro encontrado na casa de um dos investigados da Operação Abutre. (Foto: Divulgação / PF)

Uma operação da Polícia Federal (PF) foi deflagrada nesta quarta-feira (23) em Goiás, no Paraná e no Distrito Federal para investigar fraudes contra o programa Farmácia Popular, do Governo Federal. A corporação acredita que pelo menos R$ 10 milhões de reais foram desviados do programa.

A operação, chamada Abutre, cumpriu 17 mandados de busca e em apreensão, 14 deles no município de Luziânia, no Entorno de Brasília. Em um deles, um imóvel em um condomínio de luxo foi sequestrado.

O cumprimento dos mandados resultou na apreensão de R$ 1,5 milhão em notas de cheque, e R$ 247 mil na casa de dois investigados. Além disso, várias contas de pessoas supostamente envolvidas foram bloqueadas. Os nomes dos investigados não foram divulgados até o momento.

O esquema

As investigações mostram que uma quadrilha desviava recursos do Farmácia Popular realizando vendas falsas de medicamentos. Eles adquiriam fundos de comércio de drogarias e encerravam as atividades delas, mas continuavam lançando a venda dos remédios.

O objetivo da PF agora é encontrar outras pessoas envolvidas no esquema. A corporação trabalha também para comprovar o destino do dinheiro desviado, analisando transferências para terceiros, incorporação patrimonial ou aquisição de bens.