Da Redação
Do Mais Goiás

PF deflagra operação de combate à caça de animais ameaçados de extinção

Investigações tiveram início após ex-prefeito de Campinorte publicar uma foto em que aparece ao lado de uma onça-parda morta

Ex-prefeito de Campinorte tem até o final do dia para comparecer à delegacia e explicar as circunstâncias da foto; ele pode responder por crime ambiental (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Em dezembro de 2019 o ex-prefeito de Campinorte publicou uma foto ao lado de uma onça morta (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Na manhã desta sexta-feira (18) a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação que tem como objetivo combater a prática de crime ambiental de caça de animais silvestres ameaçados de extinção. A Operação Terceira Lei de Newton conta com cerca de dez policiais, federais e da Polícia Civil (PC).

As corporações estão dando cumprimento a dois mandados de busca e apreensão nas cidades de Campinorte e Mara Rosa, expedidos pela Justiça Federal do município de Uruaçu. Segundo a corporação, as investigações tiveram início em dezembro de 2019, após o ex-prefeito de Campinorte, Francisco Corrêa Sobrinho, publicar uma foto em que aparece ao lado de uma onça-parda morta.

Na época, Sobrinho alegou que o animal em extinção teria sido atacado e morto pelos cães de sua propriedade rural.

Contudo, havia indícios de perfuração de projétil de arma de fogo no animal, razão pela qual já foi determinada a realização de perícia. Francisco Corrêa poderá responder por crime ambiental contra a fauna, com pena de até dois anos de prisão e pagamento de multa.

De acordo com o delegado Rafhael Barboza, as imagens do ex-prefeito que viralizaram nas redes sociais foram supostamente tiradas na fazenda de Francisco. “Ainda que ele não tenha sido o responsável pela morte da onça-parda, ao aparecer do lado do animal em uma foto, ele está cometendo crime de apologia”, explica.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500