Fogo amigo

Peemedebista histórico chama Iris de ‘coronel’

Ameaçado de expulsão dentro do partido, Frederico Jayme tem liderado o grupo de peemedebistas que optou em declarar apoio à Marconi


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 31/07/2014 às 20:53:43


O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Frederico Jayme, voltou a criticar o ex-prefeito Iris Rezende (PMDB).

Ameaçado de expulsão dentro do partido, Frederico Jayme tem liderado o grupo de peemedebistas que optou em declarar apoio à Marconi após Iris Rezende ser escolhido como o candidato do partido.

A maioria preferia o empresário Júnior Friboi, mas Iris conseguiu fazer com que o proprietário da JBS desistisse da disputa. Apesar do caminho livre, Iris perdeu importantes soldados peemedebistas: Marcelo Melo (ex-deputado federal e seu anterior candidato à vice), Leandro Vilela (deputado federal), advogado Robledo Rezende e o jurista Frederico Jayme.   

Este último disse hoje que sua decisão em mudar de lado é fácil de entender: “Marconi é disparado melhor do que Iris. Por isso que mais de 50 prefeitos da oposição, incluindo aí os peemedebistas, já declararam apoio à reeleição dele”.

Jayme afirma que a decisão de apoiar Marconi é eleitoral, para esta campanha, pontual, pois não pretende se filiar no partido do governador de Goiás. E que se o PMDB o expulsar estará perdendo um dos criadores da legenda e militante convicto que sempre esteve ao lado das causas do partido.

CORONEL

Ele diz que sua expulsão e dos demais peemedebistas que apoiam Marconi tende a marcar uma ruptura com a história da legenda:  “Se eles se sentirem incomodados, que peçam a minha expulsão do partido. Vamos ver como vai ser… Iris é o grande coronel do PMDB; não vou deixar o partido só porque ele quer”.

Jayme afirmou nesta quinta-feira, 31/07, que o motivo principal de estar em campanha para Marconi é a qualidade da gestão.

O peemedebista se diz impressionado com a quantidade de obras e modelo de relacionamento republicano de Marconi com os prefeitos.  “O governo de Goiás modernizou o Estado. Duplicou todas as entradas de Goiânia, construiu centenas de quilômetros de estradas através do projeto Rodovida, recuperou outras tantas”.

Outro fato que chamou a atenção de Jayme é a ação social. “Marconi criou o Bolsa Universitária e ajudou a formar quanto milhares de goianos? Parece que 153 mil estudantes foram beneficiados com a Bolsa Universitária e outros 500 mil cidadãos com a Bolsa Futuro. Quer dizer, é um risco Goiás perder tantas conquistas”.

A reportagem do MAIS GOIÁS procurou a resposta do prefeito Iris Rezende, mas ele não vai comentar as críticas de Frederico Jayme, “cujas ações serão analisadas e investigadas pela executiva do PMDB”.