Do Mais Goiás

Pecuaristas devem informar coordenadas de propriedades para retirar vacina contra aftosa

Medida faz parte das exigências para a retirada da vacina contra febre aftosa em 2021, afirma Agrodefesa. Confira como obter as coordenadas geográficas

Pecuaristas deverão informar coordenadas de propriedades para retirar vacina contra aftosa
Medida faz parte das exigências para a retirada da vacina contra febre aftosa em 2021, afirma Agrodefesa. Confira como obter as coordenadas geográficas (Foto: Reprodução)

Os pecuaristas de Goiás devem informar as coordenadas geográficas das propriedades rurais para a Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa). A medida, segundo informou o Governo do Estado de Goiás, é obrigatória e faz parte do conjunto de exigências para a retirada da vacina contra febre aftosa em 2021.

De acordo com a Agrodefesa, os pecuaristas só conseguem fazer a declaração de vacinação e do rebanho total após informar as coordenadas das propriedades. Caso eles não apresentarem a declaração de vacinação, ficam impedidos de movimentar os animais.

A exigência é do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), prevista no Plano Estratégico do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA). Os pecuaristas podem inserir as informações nos cadastros no Sistema de Defesa Agropecuária do Estado de Goiás (Sidago).

Como obter as coordenadas geográficas

As coordenadas geográficas das sedes das propriedades rurais devem ser buscadas no ponto de localização da sede da propriedade, no formato Latitude e Longitude (graus, minutos e segundos). Esta informação pode ser obtida in loco na propriedade, por meio de aplicativos de celular e aparelho de GPS. Ou até mesmo pelo Google Earth ou o Google Maps. Os pecuaristas também podem procurar a Agrodefesa, onde conseguem orientações.

A Agrodefesa tem até março de 2020 para entregar ao Mapa a relação das propriedades georreferenciadas em Goiás. O Serviço Veterinário Oficial goiano passará por auditoria neste período. A agência elaborou uma ilustração que auxilia o produtor rural a obter as coordenadas geográficas.

Pecuaristas deverão informar coordenadas de propriedades para retirar vacina contra aftosa

Pecuaristas de Goiás devem informar coordenadas geográficas de suas propriedades para a Agrodefesa (Foto: Divulgação/Agrodefesa)