Do Mais Goiás

Peça ‘Lições de Motim’ é atração do Terça no Teatro

A peça será apresentada em formato online e gratuito, a partir das 20h

Lições de Motim é atração do Terça no Teatro
Lições de Motim (Foto: divulgação/ Cida Carneiro)

Na terça-feira (27), o projeto Terça no Teatro apresenta a peça “Lições de Motim“, da Anthropos Companhia de Arte. A transmissão acontece a partir das 20h, pelo canal do Teatro SESI no YouTube – instituição responsável pelo projeto.

O espetáculo apresenta uma metáfora sobre a vida, a cidadania, a justiça, a solidariedade e sobre os fundamentos da conduta humana. Com interpretações fortes e poéticas, o público poderá esperar por uma apresentação intensa e cheia de emoções.

Voltada para o público adulto, a peça tem duração de 50 minutos e também contará com tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais. 7

Por conta da pandemia de Covid-19, esta temporada do Terça no Teatro está sendo realizada em formato inédito, sempre em ambiente online.

A realização tem apoio da Lei de Incentivo à Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo, com patrocínio do Instituto Cultural do Vale.

Sobre Lições de Motim

Lições de Motim é atração do Terça no Teatro

Lições de Motim (Foto: divulgação/ Cida Carneiro)

Lições de Motim é desenvolvida em um drama social, tendo por base uma situação dramática real e inusitada, em que uma vítima se vê diante de seu algoz.

Na peça, uma senhora questiona um assaltante sobre os motivos para seus roubos, que ao longo dos anos, lhe tiraram muito mais do que apenas objetos materiais.

Segundo Constantino Isidoro Filho, diretor do espetáculo: “é uma peça que pode ser compreendida em dois movimentos. No primeiro, temos a apresentação da arqueologia das memórias de vida da Cotinha em um aparente diálogo consigo própria. No segundo movimento temos o embate entre os dois personagens: dona Cotinha e o assaltante“, explica.

Esta será a primeira apresentação ao vivo da Anthropos Companhia de Arte desde o início da pandemia. Segundo o diretor, decidiram fazer da pandemia um período sabático, ainda resistindo ao formato virtual.

No entanto, o momento exige que artistas se adaptem e foi preciso ceder. “ A tônica de nossos ensaios tem sido em conseguir construir uma atmosfera poética capaz de ajustar a performance dos intérpretes à grande falta que a plateia presencial faz“, completa.

Sinopse

A cidade está viva, não obstante a noite madura. Na residência modesta de uma pobre viúva pensionista, as paredes contam histórias de abandono e solidão.

Mais precisamente na cozinha, desfalcada de seus principais utensílios que se foram em várias madrugadas levados por um ladrão. O destino preparou uma armadilha inesperada para este visitante odioso: o ladrão costumeiro, que ao tentar fugir pela janela fica preso.

O velho conhecido da pobre viúva, que antes era uma presença sem cara, mas materializada nas perdas quase que diárias dos poucos e modestos bens que, como mágica, pulava o seu muro.

Dona Cotinha (a vítima) a partir daí passa a desenhar no ambiente um ritual paciente de movimentos estudados e discursos esculpidos para servirem à tortura e humilhação do seu visitante indesejável.

O pobre ladrão, que não consegue se libertar da janela, súplica inocente o seu destino final. Agora, ali, indefeso, humilhado, o marginal, antes sem cara, sofre com os diálogos inteligentes e impiedosos da sua vítima.

Pouca luz, como se na penumbra o crime de ser vítima transite mais confortável. Sombras se arrastam pelo chão, concorrendo com quem as cria, às vezes com mais exatidão de contornos e expressão.

Serviço

Terça no teatro apresenta “Lições de Motim”, da Anthropos Companhia de Arte

Quando: 27/7 (terça-feira)

Onde: canal do Teatro SESI no YouTube

Horário: 20h

Acesso: gratuito

Leia também: