Agência O Globo

Paulo Gustavo: amigos fazem corrente por melhora do ator

Em postagens, Tatá Werneck, Ingrid Guimarães, Mônica Martelli e outros, falaram sobre o humorista

Paulo Gustavo: amigos fazem corrente por melhora do ator
(Foto: Reprodução Instagram)

A piora no estado de saúde de Paulo Gustavo, anunciada nesta segunda-feira, desencadeou uma série de declarações e mensagens de apoios de amigos e fãs do ator e comediante. Ele está internado desde o dia 13 de março.

No Instagram, a atriz e autora Mônica Martelli publicou uma mensagem de amor ao amigo. “Você representa VIDA. Como a vida é difícil e dura sem suas tiradas hilárias, suas histórias, suas ideias, sua genialidade em olhar o mundo. Sem a sua alegria e sua gargalhada não dá pra viver. Vem!”, convocou ela.

Tatá Werneck, que vem reagindo e seguindo de perto cada atualização na situação de Paulo Gustavo, fez questão de lembrar desde a primeira linha de sua mensagem que ele está vivo.

“Paulo teve uma noite difícil. Dentre MUITOS DIAS BONS! UMA noite comparada a muitos dias. Isso para Deus não é nada. ELE resolve”, escreveu a comediante, antes de pedir orações aos seguidores.

A atriz Ingrid Guimarães reforçou o coro de pedidos por orações para Paulo Gustavo. “Não existem palavras suficientes para expressar nossa torcida e fé em sua recuperação. Eu creio. O Brasil crê. Como diz Marcus Majella, ‘não vejo o mundo sem o Paulo’, publicou ela.

Paulo Gustavo tem piora em luta contra Covid-19

O ator e humorista Paulo Gustavo apresentou piora no quadro de luta conta a Covid-19. Conforme informações da Veja Rio, ele teve embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais devido à uma fístula broncovenosa.

A assessoria não se pronunciou oficialmente sobre o novo quadro do ator. Confira trecho do boletim médico:

“Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. Ontem à tarde (domingo), após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido.

À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”.