Partida entre Goiás e Cruzeiro pode ser com torcida única, em Goiânia

Recomendação foi feita pelo MP-GO à CBF e ao time Goiás, levando em consideração a rivalidade e o histórico entre os times; a partida ocorre na próxima segunda-feira (30), em Goiânia


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 25/09/2019 às 15:36:36

Medida em relação à torcida visa garantir segurança do público que vai assistir à partida do Goiás x Cruzeiro (Foto: Divulgação / MP-GO)
Medida em relação à torcida visa garantir segurança do público que vai assistir à partida do Goiás x Cruzeiro (Foto: Divulgação / MP-GO)

O Ministério Público de Goiás (MP) recomendou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à administração do Goiás Esporte Clube a adoção de torcida única na partida entre Goiás e Cruzeiro, marcada para a próxima segunda (30), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os times disputam pela 22ª rodada da Série A, do Campeonato Brasileiro. Segundo o MP, o pedido levando em consideração o contexto de intensa rivalidade e histórico de conflitos entre as duas torcidas.

As duas entidades têm 24h para encaminhar o comprovante de cumprimento da recomendação. Ainda conforme o MP, o clube informou que vai acolher as recomendações. Com a medida, na data do jogo, apenas torcedores do Goiás vão poder entrar no estádio para assistir à partida. Caso torcedores do Cruzeiro sejam identificados, serão retirados do local.

Foram contempladas as considerações do Batalhão Especializado de Policiamento em Eventos, da SSP, para a recomendação. As consideração apontaram os episódios recentes envolvendo os times de futebol goiano e mineiro, em partidas ocorridas tanto em Goiânia quanto em Belo Horizonte.

O Mais Goiás entrou em contato com a assessoria do Goiás Esporte Clube por ligação e e-mail ,às 12h desta quarta-feira (25), e aguarda retorno. Este portal também contatou a CBF e aguarda resposta.

Rivalidade 

Em maio deste ano, uma briga generalizada entre torcidas do Goiás e Cruzeiro deixou duas pessoas baleadas e mais 31 cruzeirenses detidos em Sete Lagoas (MG). Segundo a Polícia Militar mineira, o conflito foi na BR-040, após carros contendo a torcida organizada do Cruzeiro interceptar o comboio que traziam os torcedores do Goiás para a casa. Os clubes se enfrentavam pela terceira rodada do Brasileirão e o clube da raposa ganhou de 2 a 1 do clube goiano.

Ainda de acordo com a corporação, ao chegarem no local, os policiais se depararam com mais de 150 pessoas brigando. Durante abordagem, os envolvidos arremessaram pedras nos agentes, que revidaram atirando com balas de borracha. A PM fez contato com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para conduzir os esmeraldinos na finalidade de registrar a ocorrência, mas que ninguém ficou detido. Os torcedores do Goiás que ficaram feridos durante a confusão foram medicados e liberados.

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira