Transporte

Para Thiago Peixoto, candidatos a prefeito devem se posicionar sobre Uber

Em outubro do ano passado, o deputado federal apresentou um Projeto de Lei que propõe a regulamentação federal do uso de aplicativos como o Ube




O deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO) usou suas redes sociais para cobrar um posicionamento dos candidatos a prefeito de Goiânia em relação ao Uber. “Ninguém sabe o que os candidatos pensam sobre mobilidade urbana na capital. Eles ainda não se posicionaram claramente sobre a regularização da Uber, por exemplo”, afirmou Thiago.
 
Em outubro do ano passado, o deputado federal apresentou um Projeto de Lei que propõe a regulamentação federal do uso de aplicativos como o Uber e passa a prever a presença deles entres os serviços de transporte. A ideia é regulamentar o uso do aplicativo em todo o país e a proposta altera trechos do Código de Defesa do Consumidor, Lei dos Taxistas, Lei da Mobilidade Urbana e o Código de Trânsito Brasileiro.
 
Uma das justificativas dos que são contrários a regulamentação do aplicativo tem relação com um possível não pagamento de tributos. Mas, para Thiago, isso não procede. “O motorista do Uber, por fazer um transporte privado individual, paga vários impostos como IOF, ICMS, IPVA e ISS. Já os taxistas recolhem uma taxa anual ao município e pagam somente ISS, em alguns casos, sendo isentos dos demais impostos”, lembrou.
 
“Não podemos ficar reféns de interesses classistas isolados. O Uber representa um avanço e o Brasil precisa estar aberto para receber isso da melhor maneira e usar os benefícios. O corporativismo não pode vencer a inovação”, disse. A chegada do Uber tem provocado reações, principalmente de taxistas. No entanto, a população tem recebido bem a novidade.
 
Thiago Peixoto conheceu o aplicativo no exterior, quando viajou para os Estados Unidos e Europa, além de já tê-lo usado em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Ele tem boa relação com os executivos da Uber no Brasil, tendo, inclusive, trazido nomes da empresa para participarem do Let´s GO (Líderes, Empreendedores e Talentos a Serviço de Goiás), evento de inovação e transparência organizado e realizado pela Segplan em dezembro do ano passado, quando ainda era o titular da pasta.

Tópicos