Festividades

Países reforçam segurança para comemoração da virada

Istambul, por exemplo, terá policiais disfarçados de Papai Noel


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 31/12/2016 às 13:27:03


Na virada do ano, a Austrália vai homenagear alguns artistas, como o Prince e o David Bowie – que viveu em Sydney por cerca de dez anos, enquanto as pessoas estiverem observando os fogos de artifício sobre o porto da cidade. As 7 toneladas de fogos de artifício lançadas a partir do porto também incluirão um momento “Willy Wonka”, em homenagem a Gene Wilder.

Espera-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas compareçam ao porto para as festividades. Um adicional de 2 mil policiais devem bloquear certas áreas de pedestres, após os ataques terroristas em Berlim e em Nice, na França.

Em Berlim, que acolhe a maior festa ao ar livre da véspera de Ano Novo na Alemanha, nas proximidades do emblemático portão de Brandemburgo, a segurança, como nos anos anteriores, é reforçada neste sábado, com a polícia checando as bolsas daqueles que chegam à zona da festa. Autoridades alemãs também ampliaram a presença policial em cidades principais.

A segurança também foi reforçada nas principais cidades da Turquia. Em Istambul, 17 mil policiais foram colocados em serviço, sendo que alguns deles estão camuflados de Papai Noel e outros de vendedores de rua. Ancara e Istambul foram alvos de ataques com bombas neste ano, que mataram mais de 180 pessoas.

Na China, residentes de Pequim e Xangai vão enfrentar limitações no Ano Novo, em razão da segurança, citam os meios de comunicação do país. Autoridades anunciaram nesta semana que não haverá celebrações na área conhecida por Bund, em Xangai. Além disso, a venda e o uso de fogos de artifício na área central de Xangai não serão permitidos. Mais de 30 pessoas morreram nos últimos 30 anos em função de acidentes no local.

Tópicos