FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress

Pai morre ao criar dispositivo para chá revelação nos EUA

Caso aconteceu em uma casa em Nova York, nos EUA, e segue sob investigação da polícia local

Um futuro pai foi morto no domingo (21) depois que o dispositivo que ele estava construindo para o chá revelação do filho acabou explodindo na garagem. O caso aconteceu
Um futuro pai morreu depois que o dispositivo que ele estava construindo para o chá revelação do filho acabou explodindo na garagem (Foto: Reprodução/Facebook)

Um futuro pai foi morto no domingo (21) depois que o dispositivo que ele estava construindo para o chá revelação do filho acabou explodindo na garagem. O caso aconteceu em uma casa em Nova York, nos EUA, e segue sob investigação da polícia local e da unidade de descarte de bombas da corporação.

A explosão do artefato provocou a morte de Christopher Pekny, de 28 anos. O irmão da vítima Michael Pekny, 27, ficou ferido e foi levado ao hospital Garnet, em Middletown, segundo um comunicado da polícia local.

De acordo com o jornal New York Times, Christopher esperava o seu primeiro filho com a namorada. O homem teria descoberto a gravidez da amada pouco antes do natal e já sabia que seria pai de um menino.

Steven Nevel, porta-voz da polícia estadual, disse que o caso segue sob investigação para entender o que teria provocado a explosão. O oficial disse que o dispositivo era algum tipo de cano que deve ser usado em festas, mas ainda não foi possível identificar a natureza do material explosivo.

Peter Pekny, 34, irmão mais velho de Christopher e Michael, nomeou a situação como “o mais estranho dos acidentes estranhos que eu poderia imaginar”. O homem contou que não sabe o que motivou a explosão e explicou que o estado de saúde de Michael é estável, e os médicos conseguiram reconstruir o joelho dele danificado no acidente.

“Ele [Christopher] estava realmente ansioso para começar uma família. Ele estava realmente começando a se estabelecer e crescer”, disse Peter sobre Christopher. A vítima, que trabalhava como atendente em um bar, completaria 29 anos hoje.

Segundo o site da Fox News, a família de Christopher é dona do Robin Hood Diner, um restaurante na região de Catskills, também em Nova York. No Facebook, o restaurante comunicou a morte do homem e agradeceu o apoio de clientes.

“Estamos profundamente tristes e devemos informar a todos sobre a perda de nosso querido e amado Christopher. Agradecemos a impressionante demonstração de amor e apoio que todos vocês demonstraram. O Robin Hood será fechado para o futuro imediato. Mais detalhes serão postados quando os tivermos disponíveis. Obrigada.”

As autoridades informaram que o acidente continua sendo investigado pela polícia estadual e pela unidade de descarte de bombas da polícia.