Do Mais Goiás

Pai e filho são presos suspeitos de tentar matar jovem gestante em Aloândia

Vítima era ex-namorada do jovem e estava grávida do terceiro filho; ela sofreu um aborto espontâneo

Polícia prendeu pai e filho suspeitos de tentarem matar a ex-namorada do rapaz, que estava gestante, na cidade de Aloândia
Pai e filho são presos suspeitos de tentar matar jovem gestante em Aloândia (Foto: Reprodução/PC)

A Polícia Civil prendeu um homem de 54 anos e um jovem, 23, suspeitos de tentar matar uma mulher gestante, na cidade de Aloândia. Os suspeitos são pai e filho e teriam agidos juntos na tentativa de feminicídio. A vítima era ex-namorada do rapaz. O crime ocorreu no fim de maio, mas as prisões aconteceram na terça-feira (8).

De acordo com a investigação, a vítima e o jovem suspeito mantinham relacionamento amoroso há 5 anos. Juntos, eles têm dois filhos e, à época do crime, a mulher estava grávida do terceiro.

Aos policiais, a vítima afirmou que o rapaz a agredia fisica e verbalmente de maneira constante. Cansada das violências, ela decidiu romper o namoro.

O crime

Acompanhado do pai, o jovem teria ido até a casa da vítima e a golpeou com uma faca no pescoço. Em seguida, os suspeitos fugiram e deixaram a gestante caída no chão, segundo os investigadores.

De acordo com a Polícia Civil, um dos filhos encontrou a mãe caída e acionou o socorro. A mulher foi evada para uma unidade médica e recebeu atendimento. Apesar de ter sobrevivido, ela acabou sofrendo um aborto espontâneo e perdeu o bebê.

Agora, pai e filho foram presos e deverão responder pelo crime de tentativa de feminicídio. Ao Mais Goiás, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP) informou que somente no primeiro trimestre de 2021, 15 mulheres já morreram por feminicídio em Goiás.