Abuso sexual

Padrasto é preso por suspeita de estupro contra enteada de 17 anos, em Pontalina

Vítima contou à polícia que os abusos começaram há quatro anos


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 30/06/2019 às 11:31:02

(Foto: Divulgação/PC)
(Foto: Divulgação/PC)

Um homem foi preso suspeito de estuprar a enteada em Pontalina, a 128 km da capital. Segundo a Polícia Civil (PC), o padrasto, de 53 anos, abusava da vítima, de 17, há quatro anos.

De acordo com a PC, o suspeito morava com a vítima e com a mãe dela e os abusos começaram quando ela tinha 13 anos. Depois de anos de violência sexual, a enteada resolveu contar para a polícia. De acordo com a PC, a mãe não tinha conhecimento do que acontecia.

Em depoimento, a vítima disse que tinha muito medo do padrasto porque ele a ameaçava e chantageava. Apesar disso, ela sempre quis denunciar o estupro. O suspeito foi teve a prisão preventiva decretada. Ele ficou calado durante o depoimento e foi encaminhado ao presídio da cidade.

Ele está sendo indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. Se condenado, pode pegar de oito a 15 anos de prisão.

Com informações de G1.