Denúncia

Pacientes denunciam falta de limpeza no Materno Infantil

Uma paralisação de funcionários terceirizados seria o motivo para a falta de higienização. Não é a primeira que um caso desse tipo acontece no hospital


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 21/09/2018 às 10:00:41

Funcionários e clientes reclamam da falta de higiene no local. (Foto: Leitor Mais Goiás)
Funcionários e clientes reclamam da falta de higiene no local. (Foto: Leitor Mais Goiás)

Pacientes e funcionários do Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), estão reclamando do estado em que a instituição se encontra em relação à higiene. De acordo com as denúncias, a limpeza de quartos e banheiros não está sendo feita há alguns dias e a situação é de descaso com os internos. O motivo seria uma paralisação parcial dos funcionários da empresa terceirizada Loc Service, responsável pela limpeza.

Uma funcionária da unidade, que preferiu não se identificar, foi quem entrou em contato com o Mais Goiás para denunciar o caso. “O hospital está sem limpar, porque as trabalhadoras da limpeza estão de greve, pois estão com o salário atrasado. Há dois meses aconteceu a mesma situação no hospital, as servidoras da limpeza vinham para o Materno Infantil, mas não exerciam sua função. O caso só foi resolvido ao ser noticiado” diz.

Sujeira na unidade de saúde. (Foto: Leitor Mais Goiás)

Uma representante de saúde do município, que também quis preservar sua identidade, esteve recentemente no hospital e reforça a denúncia. “Não sei como um hospital pode chegar a essa situação, tá um nojo. Lixeiras transbordando, banheiros sujos e fedidos, papel no chão… Trabalho na área da saúde e sei que, numa situação dessa, há riscos até de infecção”.

Em contato com o Materno Infantil, a direção do Hospital emitiu uma nota alegando que “não houve paralisação do serviço de higiene e limpeza na unidade e sim uma redução no contingente de pessoal por parte da empresa prestadora. A unidade de saúde reforça que nas áreas fechadas como Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) Neonatal e Pediátrica, Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) e Centro Cirúrgico, o serviço de higiene e limpeza está funcionando dentro da normalidade. Nas demais áreas, o serviço é mantido conforme necessidade”.

O Mais Goiás entrou em contato com a empresa Loc Service e, após várias ligações, disseram que não vão comentar nada sobre o caso.

Funcionários e clientes reclamam da falta de higiene no local. (Foto: Leitor Mais Goiás)