REPERCUSSÃO

Ouça áudio em que Vanderlan defende senador com dinheiro na cueca

Candidato a prefeito de Goiânia afirma que seu objetivo foi defender a instituição Senado, atacada por decisão monocrática do ministro do Supremo


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 16/10/2020 às 18:52:31

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Mais Goiás teve acesso ao áudio em que o candidato prefeito de Goiânia e senador Vanderlan Cardoso (PSD) defende o senador Chico Rodrigues (DEM) – o parlamentar flagrado pela polícia com dinheiro na cueca – contra a interferência do Supremo Tribunal Federal (STF). “Não podemos aceitar essa interferência, decisão absurda de um ministro do Supremo, que tomou decisão autoritária.” Confira:

Segundo a assessoria do candidato, ele não defende “o senador do dinheiro na cueca”, mas a instituição Senado, que tem a competência de afastar ou não um congressista.

“A decisão monocrática do ministro do STF fere a instituição e as garantias constitucionais. Apenas uma decisão plenária, como prevê a nossa Constituição, pode afastar um parlamentar. Qualquer conduta irregular do senador Chico Rodrigues deve ser analisada pelo Conselho de Ética da Casa e, se comprovada dentro do processo legal, devidamente punida”, informou mais cedo, em nota.

Em novo posicionamento, Vanderlan Cardoso explica que teve o objetivo de defender o Senado como instituição, já que Chico Rodrigues foi afastado do cargo em uma decisão monocrática do ministro do Supremo, Luís Roberto Barroso. Para o candidato ao Paço, apenas uma decisão plenária, como prevê a Constituição, pode afastar um parlamentar. Qualquer conduta irregular deve ser analisada pelo Conselho de Ética da Casa e, se comprovada dentro do processo legal, devidamente punida.