Isabela Gonçalves
Do Mais Goiás

Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás realiza ação em hospitais de Goiânia

A ação "Som da Esperança" visa levar o sentimento aos pacientes de Covid-19 da capital

Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás Covid-19
Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (Foto: Reprodução/ Basileu França)

Há mais de um ano, a pandemia de Covid-19 trouxe momentos de angústia, tristeza e várias incertezas. Apesar disso, nasceram alguns projetos pelo país que visam levar um pouquinho de alegria aos lares brasileiros, com um pouco de respiro em meio a uma fase tão difícil. Para levar mensagens de esperança aos hospitais de Goiânia, que tanto estão precisando, o Sesc Go promove a ação “Som da Esperança“, com a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG).

A intenção é plantar esse sentimento nos corações dos pacientes de Covid-19, bem como em seus acompanhantes e profissionais que estão atuando na linha de frente ao combate. A ação acontece neste sábado de Páscoa (03), das 15h às 19h, e é realizada em parceria com a Fecomércio, Senac GO e Sesc Go.

O projeto levará a orquestra para quatro hospitais da grande Goiânia que estão tratando os pacientes da doença: Hospital das Clínicas, HCAMP, Samaritano e HUGOL. O repertório conta com canções que inspiram ânimo, força e coragem, como “Hill the World”, de Michael Jackson, “Viva La Vida“, do ColdPlay , “Imagine”, dos Beatles, entre vários outros sucessos conhecidos em todo o mundo.

Eliel Ferreira, que é o maestro da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, conta que é o Quarteto Quatro Cordas que participa da ação, formado por por dois violinos, uma viola clássica e um violoncelo.

Para garantir a segurança, os músicos da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás manterão distanciamento social e utilizarão máscara enquanto a apresentação durar. “Esse formato foi pensado justamente porque permite o distanciamento e o uso de máscara, diferente de instrumentos de sopro ou do canto“, explica o maestro.

Segundo Marcelo Baiocchi, presidente da Fecomércio e também do Sesc e Senac, a luta contra a pandemia é de responsabilidade de todos nós. Assim, esta foi a forma encontrada pelas instituições para levarem mensagens de conforto para as pessoas que precisam enfrentar a doença, servindo também como uma forma de encorajá-los a nunca desistir.

Para Leopoldo Veiga Jardim, diretor do Sesc e Senac: “Sabemos que dentro dos hospitais as pessoas estão com medo, os profissionais estão cansados, até estafados. Essa ação nos toca profundamente porque sabemos que é um gesto singelo, mas que transmite uma mensagem positiva aos corações através da arte“, conclui.

O itinerário do Som da Esperança conta com a seguinte programação:

15h – Hospital das Clínicas
16h – Hospital Samaritano
17h – HCAMP
19h – HUGOL
Leia também: