AÇÃO

Operação identifica grupo suspeito de sonegar R$ 2 mi de ICMS na capital

Após análises comparativas, governo constatou omissão na declaração de saída de mercadorias


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 17/06/2020 às 14:18:54

(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Uma operação em lojas de autopeças na capital identificou um grupo suspeito de sonegar R$ 2 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), nos últimos três anos. A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira (17) e teve como alvos suspeitos de burlar o Simples nacional.

Ainda conforme informado pelo governo, por meio da Secretaria de Economia, a omissão de saídas de mercadorias foi constatada após informações serem comparadas pelo fisco com a Declaração de Escrituração Fiscal entregues pelas empresas. A operação contou com 11 auditores fiscais, dez servidores do apoio fiscal e sete membros do Batalhão Fazendário da Polícia Militar.

Vale lembrar que, em live do dia 9, a Secretaria de Estado da Economia informou que, de janeiro a março, Goiás arrecadou R$ 460 milhões a mais que o mesmo período do ano passado, ou seja, 8% a mais que em 2019. Porém, com o início da pandemia do novo coronavírus, de abril a maio, houve queda de R$ 750 milhões.

“A queda em abril e maio representou 18%. Apesar disso, temos mecanismos para amenizar os efeitos da queda na arrecadação”, disse, à época, Cristiane Schmidt. Segundo ela, uma dessas medidas era o investimento pesado no combate à sonegação fiscal e à concorrência desleal. Ela afirmou, ainda, que os auditores da Receita Estadual têm atuado de maneira incisiva nessa crise, a fim de combater irregularidades.

Mais informações em breve.