Operação Mákara

Operação da PC prende empresário em condomínio de luxo de Goiânia

Ele é investigado por fraude em processos licitatórios de obras da Seduc; suspeito faz parte de uma organização criminosa


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 19/06/2019 às 12:42:14

Empresário é investigado por fraudes licitatórias (Foto: Divulgação / PC)
Empresário é investigado por fraudes licitatórias (Foto: Divulgação / PC)

Um empresário foi preso preventivamente, nesta terça-feira (18), suspeito de fraudar processos licitatórios de obras públicas da Secretaria Estadual de Educação de Goiás (Seduc). Conforme a Polícia Civil (PC), também foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência do detido, em um condomínio de luxo de Goiânia.

Na casa do empresário, que não teve o nome divulgado, a polícia apreendeu anotações, documentos e um celular. Ainda de acordo com a corporação, as investigações apontam que uma associação criminosa foi organizada por servidores públicos e empresários do ramo da construção civil. As apurações apontam que a organização atua há cerca de oito anos com venda de resultados de licitação mediante ao pagamento de propina.

O cumprimento dos mandados faz parte da Operação Mákara, deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT).

Agentes analisam documentos e anotações encontradas na residência do empresário (Foto: Divulgação / PC)

Agentes analisam documentos e anotações encontradas na residência do empresário (Foto: Divulgação / PC)

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira