Iluminação Pública

ONG leva postes de energia solar a áreas quilombolas em Goiás

Essa foi uma iniciativa da ONG Litro de Luz Brasil, organizada em outubro do ano passado, que construiu 220 lampiões e dez postes


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 23/04/2019 às 09:50:12

Projeto teve origem em outubro do ano passado e já construíram 220 lampiões e dez postes (Foto: Divulgação)
Projeto teve origem em outubro do ano passado e já construíram 220 lampiões e dez postes (Foto: Divulgação)

Garrafas plásticas, painéis solares, baterias, lâmpadas LED e canos PVC viraram lampiões e postes de energia sustentável e beneficiam diretamente cerca de 800 moradores na área quilombola da comunidade Kalunga de São Domingos, em Goiás, e em sete povoados na região.

Essa foi uma iniciativa da ONG Litro de Luz Brasil, organizada em outubro do ano passado, que construiu 220 lampiões e dez postes. “Lá a iluminação pública é zero”, disse a diretora voluntária de marketing, Pamela Lopes.

Antes da produção, houve um treinamento com os moradores. Eles aprenderam com cerca de 40 voluntários da entidade, durante quase uma semana dias, a montar e a instalar os equipamentos sustentáveis.

Nesta ação, alguns dos moradores também exerceram o papel de “embaixadores”, ou seja, eles atuaram como pontos centrais no contato da organização com a comunidade e ajudaram a difundir as informações.

“Foram os próprios moradores que construíram os equipamentos. Houve um engajamento total das pessoas. Isso ajuda a abrir horizontes. É diferente do que dar o lampião pronto”, comentou Pamela.

Para implementar o projeto em São Domingos, a Litro de Luz foi selecionada um edital interno da Fundação Banco do Brasil, que está com as inscrições abertas para o Prêmio de Tecnologia Social. A inscrição deve ser feita pelo link.