Do Mais Goiás

Ocupação de UTIs para covid-19 em Goiânia é de 85%

89% das enfermarias já estão ocupadas na capital

A taxa de ocupação de enfermarias destinadas ao tratamento da Covid-19 chegou a 119,91% na rede estadual de Goiás, na manhã desta quinta (20) (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)
Leitos de enfermaria (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

Por nota, a Secretaria de Saúde de Goiânia (SMS) informou que a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19, às 16h desta terça-feira (2), era de 85%. Em relação a enfermaria, o número chegava a 89%.

Além disso, segundo dados do site da SMS, as três unidades que ainda possuem estes leitos são: Clínica do Esporte, o Hospital das Clínicas e a Maternidade Célia Câmara ainda possuem leitos de UTI destinados a pacientes de Covid-19.

Estão lotados: Hospital Gastro Salustiano (71 vagas); Hospital Jacob Facuri (15); O Hospital Ortopédico de Goiânia (7); o Hospital Ruy Azeredo (20); e a Santa Casa de Misericórdia de Goiânia (10). Os números são dinâmicos e foram verificados por volta das 16h15, desta terça.

Segundo o último boletim da Covid de Goiânia, de segunda (1º), a capital tem 112.546 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo 136 naquela data; e 2.651 óbitos, 15 somente ontem.

A planilha informa, ainda, que o setor Bueno foi o com mais ocorrência nos últimos 30 dias: 421 contaminações. Ele é seguido pelo setor Oeste (197), Jardim América (156), Jardim Goiás e Centro (ambos com 139).

Goiás

No Estado, a ocupação de UTIs para pacientes com o novo coronavírus, nesta terça, está em 96,66%. Já a enfermaria em 82,57%.

A Secretaria de Estado de Saúde informa, ainda, que o montante de contaminações em Goiás é de 401.134. As mortes confirmadas somam 8.545.