Laylla Alves
Do Mais Goiás

Obras do BRT podem resultar no corte de 106 árvores na avenida Goiás, em Goiânia

Prefeitura aguarda parecer do Iphan

Árvores da avenida Goiás, em Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Em razão das obras do BRT em Goiânia, 106 árvores da avenida Goiás correm o risco de serem ceifadas. É o que prevê o projeto de construção das plataformas de embarque e desembarque do novo modal de transporte no centro da Capital.

Ao Mais Goiás, a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) informou que o consórcio BRT já marcou as árvores que precisam ser cortadas e pediu a autorização da agência para a realizar o expediente.

A Amma não começou a avaliar a solicitação, porque aguarda o parecer do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Assim que o parecer sair, a Amma irá analisar a solicitação do consórcio e autorizar ou não a retirada das espécies.

A agência explicou também que, na última vez em que a empresa pediu para que as plantas fossem removidas, a Amma autorizou e impôs que fossem plantadas 15 árvores – mantendo o mesmo tamanho de copa – para cada uma que fosse ceifada.

“Em todos os trechos de obra do BRT, foram retiradas 1.949 árvores até hoje. Em contrapartida, com a compensação ambiental, já foram plantadas mais de 6.130 novas espécies. Porém, o termo que a concessionária assinou junto a Amma prevê o plantio de 34 mil novos árvores”, finaliza a agência.

Avenida Goiás, em Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Avenida Goiás, em Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)