Futebol Goiano

O vila nova volta a vencer e despacha o Ceará

Aloísio, Bolt e Simião fazem os tentos do Vila Nova. Wescley e Felipe marcam para o Vovô

O Ceará entrou em campo no Estádio Castelão ainda sonhando com o acesso para elite do futebol nacional, só que o melhor visitante do Campeonato Brasileiro da Série B deu um fim as pretensões da equipe comandada pelo técnico Sérgio Soares.

Alternando bons e maus momentos no jogo pela 36ª Rodada da competição, o Vila Nova de Guilherme Alves venceu o Ceará pelo placar de 3 a 2 e conquistou a 9ª vitória atuando fora de casa no Brasileirão. Com a vitória, Vila pulou para a 9ª posição com 52 pontos.

O jogo – O Ceará começou bem o duelo, e logo aos 10 abriu o placar. Tiago Cametá cruzou e Wescley acertou belo chute, sem chances para Wagner Bueno. Porém, cinco minutos depois, os visitantes chegaram ao empate. Aloísio cobrou falta com perfeição: 1 a 1.

Depois de alguns momentos de jogo morno, o Vila Nova chegou à virada aos 30 minutos. Victor Bolt tabelou com Moisés e não perdoou o goleiro Éverson, virando o jogo para o Alvirrubro.

Nos minutos finais da primeira etapa, Bill e Felipe ainda tiveram chances para igualar o placar para o Vovô, mas desperdiçaram boas chances. O goleiro Wagner Bueno apareceu bem na tentativa do atacante ex-Corinthians, Santos e Botafogo.

Assim, mesmo se mantendo no campo de ataque, o Ceará não conseguiu o segundo gol na primeira etapa. Porém, logo aos 4 do segundo tempo, o empate veio. Felipe fez bela jogada e tocou entre as pernas do arqueiro do Vila: 2 a 2.

No minuto seguinte, novo susto para os donos da casa. Victor Bolt quase marcou seu segundo, em chute que carimbou o travessão de Éverson. Aos 12, foi a vez de Moisés assustar o Ceará, em arremate que passou perto da trave.

Precisando da vitória para seguir sonhando com o acesso, os cearenses voltaram a pressionar. Charles e Rafael Costa tentaram em lances de cabeça, mas não acertaram o alvo. Os goianos ameaçavam em contra-ataques, e aos 25, Moisés quase fez o terceiro, mas Éverson salvou.

Aos 34, o Vila chegou ao gol. Wellington Simião recebeu na área e finalizou com força, superando o goleiro dos donos da casa, recolocando os visitantes na liderança do placar.

No desespero, em busca do gol, o Ceará quase empatou aos 45. Bill tocou por cima do arqueiro dos goianos, mas a bola bateu na trave e não entrou.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 x 3 VILA NOVA

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 12 de novembro de 2016, sábado
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Cartões amarelos: Caíque (Vila Nova)
Gols: CEARÁ: Wescley, aos 10 minutos do primeiro tempo; Felipe, aos 4 minutos do segundo tempo
VILA NOVA: Aloísio, aos 15, e Victor Bolt, aos 30, minutos do primeiro tempo; Wellington Simião, aos 34 minutos do segundo tempo

CEARÁ: Éverson; Tiago Cametá, Ewerton Páscoa, Charles e Eduardo (Rafael Costa); Richardson, Felipe (Buiú), Felipe Menezes e Wescley; Robinho e Bill
Técnico: Sérgio Soares

VILA NOVA: Wagner Bueno; Maguinho, Guilherme Teixeira, Reginaldo e Marcelo Cordeiro (Mateus Anderson); Caíque (Reniê), Victor Bolt, Geovane, Wellington Simião e Aloísio; Moisés
Técnico: Guilherme Alves