Rayana Caetano
Do Mais Goiás

O Farol de Bill Baggs: Advogada tributarista se aventura no mundo da literatura

O Farol de Bill Baggs é de autoria de Liz Vecci e foi lançado no último dia 17

O Farol de Bill Baggs: Advogada tributarista se aventura no mundo da literatura
O Farol de Bill Baggs: Advogada tributarista se aventura no mundo da literatura

A advogada Liz Vecci resolveu se aventurar por novas águas e mergulhar de cabeça em uma nova área: o romance policial. O livro O Farol de Bill Baggs será o primeiro livro da tributarista de 43 anos.

Conforme a sinopse oficial, a obra contará “ a história de duas pessoas adultas que se deparam com situações que colocam a confiança e a capacidade de perdoar à prova”, 

“A advocacia tributária é deliciosa, é estratégica, é desafiadora. Precisamos estar bem informadas sobre questões que ultrapassam o direito, como economia, política e mercado. E a escrita é a elaboração da realidade, é o escape, nela crio outro mundo que pode funcionar exatamente como eu quiser”, explica a advogada.

O Farol de Bill Baggs foi lançado dia 17 de outubro e pode ser adquirido no site www.ofaroldebillbaggs.com.br  ou na Amazon

O livro

De acordo com a autora, a imagem bucólica e romântica do farol lembra a personalidade da protagonista Carol, que é doce, mas tem uma força em si mesma. “André se interessou por essa ambiguidade que ele mesmo sentiu quando conheceu o farol”, explica Liz sobre o personagem policial civil, fã de rocks clássicos. Carol é publicitária, que também ama música.

A autora descreve o pacto entre Carol e André, de nunca mentirem um para o outro. Porém, Carol, já machucada por conta de outro relacionamento, presencia um diálogo que pode colocar a lealdade do policial em xeque. “É quando acontece um afastamento permeado de tragédias inesperadas e eles têm que repensar o quanto estão dispostos a ceder e depositar fé na história construída”, diz Liz, que adianta um spoiler da obra.

Os leitores que ficarem curiosos podem conferir no aplicativo Spotify uma playlist com as músicas favoritas do casal do livro.

A autora

Liz Vecci, apesar de ter carreira jurídica consolidada em Goiás, sempre se aventurou no universo da literatura. “Quando criança escrevi, editei e comercializei uma revista, a Livridade. Ler é entretenimento e também trabalho para mim”, conta.

Tendo como referências os autores C.S. Lewis, Sarah Morgan, Kristen Ashley e Jill Mansell, Liz já tem praticamente uma trilogia. “Atualmente estou escrevendo o terceiro romance da série do Farol. O segundo está em fase de revisão por uma editora do Rio de Janeiro e ficou um livro bem divertido com personagens que estavam no Farol, o Emílio e a Tata”.

Buscando cativar o público que não tem o hábito da leitura, Vecci confessou ter um instinto para escrever. “Percebi que há um instinto nato de quem se vê, talvez até de forma presunçosa, vocacionado a escrever. O autor Haruki Murakami diz que existe uma certa prepotência de quem quer se tornar escritor. Eu amo escrever e sei que isso pode ser aprimorado”, arrematou, contando que também pretende publicar suas obras em inglês.