Novos aplicativos para o Apple Watch terão que ser nativos

A partir de junho, novos apps terão que funcionar no relógio sem a necessidade de ter um iPhone por perto




A Apple anunciou que, a partir do dia primeiro de junho, só aceitará na App Store do Apple Watch aplicativos que rodem nativamente no WatchOS. A medida é para dar mais vida e exclusividade para o relógio, que até agora parece ser apenas uma extensão absurdamente cara do iPhone. A empresa acredita que um dos motivos é a falta de programas próprios já que nem mesmo os desenvolvedores confiam tanto em fazer algo exclusivo.

 

Segundo o Venturebeat, muitas vezes os usuários precisavam ter um iPhone com conexão à internet por perto para fazer alguns aplicativos rodarem no Watch. Com a nova medida, ela quer forçar os desenvolvedores a livrar os usuários do problema, o que é uma boa solução. Correm muitos rumores de que o relógio inteligente da maçã não teve a performance e as vendas esperadas, mas a empresa continua mantendo o silêncio sobre seus números de vendas.

Tópicos