Do Mais Goiás

Novo Hospital das Clínicas da UFG será inaugurado após 18 anos de obras

Inauguração está marcada para 14 de dezembro, aniversário de 60 anos da UFG

A Universidade Federal de Goiás (UFG) anunciou, para o próximo dia 14 de dezembro, uma segunda-feira, a inauguração do novo prédio de internações do Hospital das Clínicas da UFG, em Goiânia. A obra levou cerca de 18 anos para ser finalmente terminada. Vai contar com 600 leitos divididos entre enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Conforme o reitor da UFG, Edward Madureira, a nova sede do Hospital das Clínicas da UFG (HC-UFG), localizada no setor Leste Universitário, em Goiânia, tem leitos de enfermaria e UTI adulto, pediátrica e neonatal, além de uma unidade de transplante de medula óssea e a preparação de um heliponto na cobertura do prédio.

O local, mesmo com a inauguração pendente – que vai ocorrer no aniversário de 60 anos da UFG -, já recebe pacientes com covid-19 em enfermarias e UTIs. A partir do dia 14, o HC-UFG vai operar com capacidade total, com possibilidade de até 140 cirurgias de média complexidade por dia.

São 20 pavimentos e 44 mil metros quadrados de área construída, o que o torna um dos maiores hospitais de universidade federal de todo o país. A unidade tem ainda auditórios e salas de aula para os estudantes de universidades que frequentam o HC-UFG para atividade acadêmicas. De acordo com Madureira, o HC “será um centro de excelência em saúde e um dos hospitais mais modernos no Brasil”.

Em razão da pandemia, de acordo com a UFG, o evento de inauguração não será aberto ao público em geral, mas será possível acompanhar a cerimônia pelo canal do Youtube da UFG Oficial.

A história do hospital

O Hospital das Clínicas da UFG foi fundado em 23 de fevereiro de 1962. A unidade é uma instituição pública federal que realiza atendimento de forma gratuita pelo SUS e, apesar de ser vinculado à UFG, em 2014 passou a ser administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O HC-UFG tem estágios e programas de residência médica e multiprofissional e, ao mesmo tempo em que atua nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, desenvolve atividades de assistência na área de saúde. Essa junção representa um benefício mútuo tanto para os profissionais capacitados no ambiente do Hospital quanto para a comunidade.

O hospital conta com vários programas de referência, tanto em âmbito estadual quanto federal, atendendo muitos pacientes de estados vizinhos. Entre eles estão o Núcleo de Neurociências, o Programa de Atendimento ao Chagásico, a Liga de Hipertensão Arterial (para adultos e crianças), o Centro Avançado de Diagnósticos da Mama (CORA), o Programa de Cirurgia de Redesignação Sexual, o Centro de Reprodução Humana e o Centro de Referência em Oftalmologia (CEROF).