Do Mais Goiás

Novo decreto da Prefeitura de Goiânia autoriza presença de público em partidas de futebol

Desde que sejam cumpridos alguns protocolos

Estádio Olímpico em foto do alto
Estádio Olímpico em foto do alto. O local será palco da Copa Master de Futebol. Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (10), a prefeitura de Goiânia, através de decreto, anunciou a permissão para realização de partidas oficiais de futebol com presença de público, desde que sejam cumpridos alguns protocolos.

A queda de braço tem movimentado os bastidores dos departamentos jurídicos dos clubes, federações, estados e prefeituras. No final das contas tudo vai depender da CBF, que ainda não autorizou o retorno de público.

Alguns clubes como Cruzeiro, Flamengo e Atlético-MG conseguiram liminares para terem torcedores presentes, mas esbarraram não só em decretos e proibições, os outros clubes que defendem a ausência de público também jogam contra.

Para a liberação acontecer por parte da CBF, todas as prefeituras das cidades dos estádios mandantes teriam que aderir a liberação, então Goiânia é umas das capitais que puxam a fila da liberação.

O que muda para os clubes goianos?

Goiás e Vila Nova acionarão o STJD para conseguir a liminar autorizando junto à CBF a presença de público, uma vez que a prefeitura goiana já autorizou.

O Atlético GO por sua vez se pronunciou através do seu Presidente Adson Batista, dizendo que não acionará o STJD, mantendo suas partidas sem público.

Confira um trecho do decreto Nº 3920

18. Fica autorizada a realização de partidas de competições profissionais
de futebol com a presença de público, desde que obedecidos os protocolos da Secretaria
Municipal de Saúde, em especial:
18.1. realização de jogos testes com protocolo prévio devidamente
autorizado pela SMS;
18.2. lotação máxima de 1.500 (mil e quinhentas) pessoas, podendo
chegar até 30% (trinta por cento) da capacidade máxima de lotação, após os jogos testes
e de acordo com a autorização da Secretaria Municipal de Saúde; e
18.3. proibida a venda de produtos, bebidas e alimentos nas imediações
dos estádios em que se realizam as partidas.