Mudanças

Novas obras do corredor 85 começam nesta quarta-feira

Implantação da faixa de ônibus visa garantir agilidade ao transporte coletivo, beneficiando 174 mil usuários por dia




A partir de hoje (14/01), inicia uma nova etapa de obras para a implantação do corredor preferencial de ônibus na Avenida 85, no trecho entre as avenidas 136 e Laudelino Gomes. O trabalho será realizado pelas Secretarias Municipais de Obras (Semob) e de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), e da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC)

As intervenções na via começaram no ano passado e estão sendo feitas de forma gradativa. O corredor 85 integra o conjunto de obras de mobilidade que administração municipal está realizando para dar mais fluidez e agilidade ao transporte coletivo e melhorar o trânsito na Capital. É a terceira via de Goiânia a receber faixa preferencial para ônibus.

Mudança

Com as novas intervenções, o canteiro central da avenida será fechado para conversões à esquerda para a Av.136 e para a Rua 137. O novo acesso, no sentido Centro/Serrinha, será pelas avenidas Mutirão e T-10. Na convergência com as avenidas Mutirão e Ricardo Paranhos, o semáforo de três tempos será trocado por um de dois tempos.

No sentido Serrinha/Centro, entre a rua 1.122 e Av. Mutirão, será criado um novo taper (faixa auxiliar para o retorno dos veículos), visando garantir acesso seguro dos ônibus das linhas 010 (Veiga Jardim/Campinas) e 014 (Ateneu/Campinas), que realizam a conversão na Av. Mutirão seguindo para Campinas.A circulação no sentido avenidas Mutirão/Ricardo Paranhos será extinta e o novo acesso será pela Avenida 85/Coronel Joaquim Bastos.

Ao longo da via, os semáforos vão receber novas configurações de tempo. A sinalização horizontal está sendo revitalizada e novas placas de orientação serão instaladas. Durante as obras, agentes de trânsito estarão no local para orientar os motoristas sobre as mudanças.

Prioridade

A Prefeitura de Goiânia está construindo uma malha de corredores preferenciais de ônibus para beneficiar o transporte coletivo e garantir a mobilidade urbana na cidade. Além da Avenida 85, formam a rede de corredores as avenidas T-7, T-9, Independência e 24 de Outubro, bem como as avenidas T-63 e 10 (Universitário), que estão com seus projetos consolidados.

O projeto vai interligar 66 linhas do transporte coletivo, beneficiando diariamente mais de 600 mil usuários. Ao todo, as obras vão receber investimentos na ordem de R$ 145,3 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Pacto pela Mobilidade, do Governo Federal e Tesouro Municipal.

Benefícios

Os investimentos em mobilidade urbana em Goiânia já estão promovendo as melhorias esperadas. As vias com faixas preferenciais registram atualmente menores tempos de viagens dos ônibus e redução da violência no trânsito. No corredor universitário, a readequação proporcionou um aumento de até 63% na velocidade dos ônibus.

Na T-63, por onde passam 80 mil usuários do transporte coletivo, o ganho no tempo de viagem dos ônibus foi de 14% a 26% em horários críticos.

A redução da violência no trânsito também está entre os benefícios dos corredores preferenciais. Entre 2012 e 2013, segundo a SMT, nenhum óbito foi registrado no corredor universitário, contra três mortes verificadas em 2011. Também houve queda de 14,8% no número de acidentes e de 35% na quantidade de feridos. Em 2011, 117 pessoas ficaram feridas em acidentes naquele trecho. No último ano, o número caiu para 55.