Contra roubo

Nova Canaã quer reduzir roubo e receptação de veículos

Envolvendo 36 segmentos estaduais, municipais e federais, a ação pretende diminuir os índices de roubo/furto de veículos em Goiânia




Coordenado pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, começa nesta sexta-feira (16/01), o Projeto Cidadão Nova Canaã. Envolvendo 36 segmentos estaduais, municipais e federais, a ação pretende diminuir os índices de roubo/furto de veículos em Goiânia.

Até às 23h de hoje, serão realizadas atividades culturais e educativas na Praça C (Avenida C-5 com C-4), na  Vila Canaã. Às 20 horas, no mesmo local, ocorrerá o lançamento oficial do projeto. No sábado, dia 17, continuam as ações culturais no mesmo lugar e horário. Mais de 6 mil panfletos já foram distribuídos com intuito de atrair a população para o projeto.

Hoje algumas ruas da região estão quase intransitáveis devido ao acúmulo de carcaças de veículos. ”Um dos eixos, além da sensibilização e da conscientização popular, é a questão de intervenção no ambiente para que nós possamos melhorar a situação de higienização do ambiente, para que as pessoas possam trabalhar num local seguro, limpo, para poder exercer sua cidadania, democracia. Outro eixo que nós vamos trabalhar fortemente a partir do dia 19, próxima segunda-feira, é o que nós chamamos de repressão qualificada”, explica o coordenador do projeto, Edilson de Brito, que é o chefe de gabinete da Secretaria de Segurança.

De acordo com ele, esse último eixo representa o trabalho conjunto na fiscalização e investigação na região da Vila Canaã.  Entre os objetivos está abolir o hábito de manter sucatas nas vias públicas e verificar produtos de origem ilegal. Exemplo disso é a fiscalização dos comércios. “O comerciante que for pego na situação irregular, comercializando produtos ilícitos, o Código Tributário prevê a cassação do CNPJ”, pontua. Ele complementa que também serão fiscalizados comerciantes que não tenham alvará ou instalação predial correta, como extintor de incêndio, etc. Essas ações serão desencadeadas por órgãos municipais e estaduais.

O Projeto Nova Canaã segue até janeiro de 2016. A primeira reunião de avaliação será na segunda quinzena de abril. Ao todo serão quatro avaliações durante o ano. Segundo Edilson de Brito, entre os objetivos está a redução do índice de furto, roubo e receptação de veículos em Goiânia, fazendo o comparativo entre 2014 e 2015.

Tópicos