Sarampo

Nova campanha contra o Sarampo será conduzida em Goiás a partir do dia 7/10

No Brasil, o sarampo já tirou a vida de nove pessoas; só em Goiás, quatro casos da doença já foram confirmados, dois deles em Goiânia


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 04/10/2019 às 10:56:59

Campanha de vacinação contra o sarampo terá início na próxima segunda-feira (7) (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Campanha de vacinação contra o sarampo terá início na próxima segunda-feira (7) (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Tem início na próxima segunda-feira (7) a campanha nacional de vacinação contra o sarampo em todo o país. Em Goiás, a iniciativa foi lançada na manhã desta sexta-feira (4) durante coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). A proposta será dividida em duas fases. A primeira ocorre entre 7 e 25 de outubro e visa imunizar crianças de seis meses a menores de cinco anos. Já a segunda etapa será no período de 18 a 30 de novembro e terá como foco jovens com idade entre 20 e 29 anos.

Segundo o secretário de saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, a pasta recebeu na segunda quinzena de setembro 150 mil doses para vacinação de rotina e outras 80 mil para a imunização em período de campanha. Entre 30 de setembro até esta sexta-feira (4), a pasta reabasteceu 18 regionais e 246 municípios.

O objetivo da campanha, conforme expõe Alexandrino, não é apenas imunizar as pessoas pertencentes aos grupos de risco, mas também conscientizá-las sobre a importância da vacina. “São mais de 900 salas de vacinação disponíveis em todo o estado e, aproximadamente, 1,8 mil servidores da saúde estão envolvidos”, esclarece.

Para conseguir combater o vírus, a pasta organizou uma série de ações a serem realizadas em parceria com os municípios goianos. Dentre elas, capacitação em vigilância epidemiológica do sarampo, elaboração de notas técnicas e alertas epidemiológicos, monitoramento diário das notificações de casos suspeitos de sarampo e assessoria técnica aos municípios.

Secretário de saúde do Estado, Ismael Alexandrino, durante coletiva de imprensa (Foto: Thaynara Cunha / Mais Goiás)

Secretário de saúde do Estado, Ismael Alexandrino, durante coletiva de imprensa (Foto: Thaynara Cunha / Mais Goiás)

Cobertura Vacinal

A cobertura vacinal do sarampo em crianças menores de um ano de idade está em 84,25%. A meta, conforme a pasta da saúde, é atingir 95%. Sete municípios ainda estão com a taxa abaixo de 50%. São eles Faina, Flores de Goiás, Itapirapuã, Santa Rita do Araguaia, Novo Planalto, Pilar de Goiás e Teresina de Goiás.

Já a porcentagem de goianos com idade entre 1 e 49 que estão imunizados contra o sarampo é de 82,1%. Estão abaixo de 50% de cobertura vacinal 17 municípios: Adelândia, Amaralina, Anicuns, Baliza, Ceres, Cidade Ocidental, Gameleira de Goiás, Itapaci, Jaraguá, Mimoso, Nova Glória, Padre Bernardo, Palmeiras de Goiás, Sanclerlândia, Santa Rita do Novo Destino, São João da Aliança e Uruana.

Surto

Em Goiás, o sarampo já assombra a população. Ao todo, quatro casos da doença já foram confirmados no estado (dois em Goiânia, um em Alto Paraíso e outro em Posse). Segundo o secretário, as pessoas infectadas tiveram contato prévio com o Estado de São Paulo. Até o final do mês de setembro, 127 casos suspeitos foram notificados em 37 municípios. Destes, 70 já foram descartados e outros 53 ainda são investigados pela SES-GO.

Segundo informações da pasta, só no primeiro semestre deste ano, 182 países registraram mais de 360 mil casos confirmados de sarampo. No mesmo período do ano passado foram registrados pouco mais de 129,2 mil casos.

No Brasil, entre 30 de junho e 21 de setembro, foram confirmados 4,5 mil casos de sarampo em 19 estados. Mais de 95% dos casos (4,3 mil) estão concentrados no Estado de São Paulo, principalmente na Região Metropolitana. Segundo a SES-GO, apenas 3% (equivalente a 133 casos) foram registrados nos demais estados.