Eleições 2018

“Nós todos estamos com ele”, diz Demóstenes sobre Jovair Arantes

O ex-senador afirmou que o deputado é inocente e a operação da PF não abalou as relações com a base política


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 06/06/2018 às 15:47:49

Do Mais Goiás
Do Mais Goiás

Após as denúncias da operação “Registro Espúrio”, deflagrada pela Polícia Federal, o ex-senador e atual procurador do Ministério Público (MP) Demóstenes Torres afirmou a inocência do deputado federal Jovair Arantes (PTB). Questionado se as denúncias da PF afetaram as relações entre o PTB e a base aliada do Governo de Goiás, Demóstenes disse que continua sólida, afinal, “o governo precisa do PTB e o PTB precisa do governo”.

Em entrevista ao Mais Goiás, Demóstenes disse que a operação da PF não quer dizer absolutamente nada. “Jovair é absolutamente inocente, citado por terceiros. Eu tive a oportunidade de dar uma olhada no que existia, não tem nada contra ele. E vai continuar não tendo”, afirmou.

Outra afirmação foi de que Jovair seria vítima de uma perseguição política: “não vou dizer que é pela Polícia Federal, mas ele é perseguido porque foi relator da cassação de Dilma Rousseff”. E completou, dizendo que o deputado federal tem o apoio do PTB integralmente, de prefeitos, deputados estaduais. “Nós todos estamos com ele”.

A liderança de Jovair, afirmada por Demóstenes na última semana, continuaria intacta, segundo ele.“É como diz a Constituição e o Direito Brasileiro: a pessoa é responsável por si, somente. Você só é responsável por você, não é responsável pelo seu pai, pelo seu filho, por ninguém”, disse o ex-senador sobre o envolvimento dos sobrinhos de Arantes nas investigações da operação “Registro Espúrio”.