PRIMEIRA-DAMA DE GOIÂNIA

No Twitter, Dona Iris chama atenção para vice de Maguito

"Ele (Maguito) vai ter que ficar algum tempo no estaleiro se recuperando através de fisioterapia e orações, e aí a figura do vice se agiganta diante da responsabilidade de terminar algumas obras iniciadas", escreveu no Twitter


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 20/11/2020 às 15:40:24
Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás | Em: 20/11/2020 às 15:40:24

(Foto: redes sociais/Facebook)
(Foto: redes sociais/Facebook)

Em post publicado no Twitter, a primeira-dama de Goiânia e ex-deputada federal Dona Iris chamou atenção dos seus seguidores para o candidato a vice-prefeito na chapa de Maguito Vilela (MDB), Rogério Cruz (Republicanos). Jogar holofotes sobre Rogério é o mesmo que a campanha do adversário de Maguito, Vanderlan Cardoso (PSD), tem tentado fazer desde que o segundo turno começou.

Dona Iris diz que, se Maguito vencer a eleição, terá que ficar “algum tempo no estaleiro se recuperando através de fisioterapia e orações”. Para ela, caberá ao vice Rogério Cruz crescer com a responsabilidade e terminar as obras iniciadas.

“Acredito que, ao término do pleito, se Maguito vencer, ele vai ter que ficar algum tempo no estaleiro se recuperando através de fisioterapia e orações, e aí a figura do vice se agiganta diante da responsabilidade de terminar algumas obras iniciadas”, escreveu Dona Iris.

Na postagem, que só teve duas respostas, houve descontentamento. “É provável, mas no caso dele, basta estar em condições de se comunicar e já será o suficiente. Não consigo imaginar pessoas como a Sra, Dr. Íris, Maguito ou outros líderes deixando de dizer o que querem e como querem que seja feito”, disse um internauta.

Maguito foi hospitalizado em 19 de outubro, no Hospital Órion, em Goiânia – dois dias após testar positivo para a Covid. No dia 27, ele foi internado na UTI do Hospital Albert Einstein para tratar uma inflamação nos pulmões

Três dias depois, ele foi intubado após apresentar quadro de insuficiência respiratória. À época, o político respondeu bem ao tratamento e foi extubado no dia 8 de novembro. Porém, ele teve nova piora e precisou ser novamente intubado no domingo (15) de eleição. Nesta sexta, boletim do hospital informou que ele tem melhora lenta e progressiva do quadro pulmonar.