Mortes

No Iraque, 31 morrem pisoteados em peregrinação xiita

A peregrinação lembra o martírio de Hussein, neto do profeta Maomé.


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 11/09/2019 às 09:15:31

A peregrinação lembra o martírio de Hussein, neto do profeta Maomé.
A peregrinação lembra o martírio de Hussein, neto do profeta Maomé.

Pelo menos 31 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nesta terça-feira, 11, em um distúrbio que terminou em pisoteamento durante a peregrinação xiita de Ashura, na cidade iraquiana de Kerbala, ao sul de Bagdá. A peregrinação lembra o martírio de Hussein, neto do profeta Maomé. O Ministério da Saúde iraquiano informou que o número de mortos pode aumentar, pois há vários feridos em estado grave. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tópicos