No intervalo de 30 minutos, três pessoas são mortas a tiros e um bebê é baleado no Setor Pedro Ludovico

Os crimes aconteceram na noite desta quarta-feira (01/04)


//

A noite desta quarta-feira (01/04) foi violenta no Setor Pedro Ludovido, em Goiânia. No intervalo de 30 minutos, três pessoas foram mortas e uma criança de 1 ano e 6 meses foi baleada.

O primeiro crime aconteceu na Alamenda Couto Magalhães, nas proximidades da feirinha do setor Pedro Ludovico, o jovem Max Esteves Telego Peixoto, de 22 anos, voltava para sua casa na companhia da namorada, quando foi abordado por um homem.

Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito sacou a arma e efetuou vários disparos contra a vítima. Max Esteves foi atingido por cinco disparos. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Sua namorada não ficou ferida.

Pouco tempo depois, na Rua 1101 com a Rua 1102, também no Setor Pedro Ludovico, a jovem Raquel Costa estava na esquina, quando um homem se aproximou e atirou contra ela.  De acordo com a PM, Raquel foi atingida por cinco disparos. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Em seguida, Fábio Matos Resende, de 24 anos, foi morto a tiros e sua filha, de apenas 1 ano e 6 meses, foi baleada. A ocorrência foi registrada na Alameda João Elias Silva Caldas.

Segundo a PM, Fábio Matos teria ido até uma mercearia comprar balinhas para sua enteada, quando um homem se aproximou e efetuou vários disparos contra ele.

De acordo com a PM, o jovem foi atingido por oito disparos nas costas. Sua enteada foi atingida por um disparo na virilha. Os dois foram encaminhados para o Hugo (Hospital de Urgências de Goiânia) em estado grave.  Fábio não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde. A criança passou por uma cirurgia pela madrugada e o seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

A polícia ainda não tem pista dos autores dos crimes, mas acredita que todos os crimes tenham ligação com tráfico de drogas ou vingança.