Do Mais Goiás

No Centro de Goiânia, manifestantes pedem eleições diretas

O protesto começou ainda de madrugada, quando um grupo impediu que ônibus do Eixo Anhanguera saíssem da garagem

Representantes de movimentos sociais e centrais sindicais realizaram protesto nesta sexta-feira (30) em diversas capitais brasileiras. Em Goiânia, os manifestantes se concentraram na Praça Cívica, e seguiram em passeata pela Avenida Goiás até a Praça do Bandeirante. Os manifestantes são contra as reformas Previdenciária e Trabalhista, e também pediram a saída do presidente Michel Temer.

Além da passeata, um grupo de manifestantes impediu que os ônibus do Eixo Anhanguera saíssem da garagem ainda de madrugada. No início da manhã, nenhuma linha do transporte coletivo passou pelo Centro de Goiânia e muitas avenidas da região ficaram completamente congestionadas.

O Eixo Anhanguera começou a circular por volta das 9h. Com o fim da manifestação, as linhas de ônibus voltaram a circular normalmente por volta das 13h. De acordo com a Polícia Militar, a manifestação aconteceu de forma pacífica. A organização do protesto ainda não informou sobre a quantidade de participantes.